Natal: Festa pagã que virou cristã

A origem histórica do Natal está ligada às festas pagãs que eram realizadas na antiguidade, em meados de dezembro, para celebrar o solstício de inverno, o início da estação mais fria do ano e o renascimento da natureza. Nessas ocasiões, as pessoas se reuniam para comer, beber, trocar presentes, acender fogueiras, decorar árvores e cantar canções. A origem religiosa cristã do Natal está relacionada ao nascimento de Jesus Cristo. No entanto, a Bíblia não menciona a data do nascimento de Jesus, e os primeiros cristãos não comemoravam esse evento. Foi somente por volta do século III que alguns teólogos começaram a associar o nascimento de Cristo com o dia 25 de dezembro. Essa data foi oficializada pela Igreja Católica no século IV, com o objetivo de substituir as festas pagãs e converter os pagãos ao cristianismo.

Comentários

comentários