Arquivo da categoria: Imagem

A arte efêmera do giz. David Zinn extrai vida das ruas e das paredes

 

David Zinn é um artista de Ann Arbor, no Michigan, conhecido por sua “arte efêmera”, criada nas ruas e composta inteiramente de giz, carvão e objetos encontrados nos locais. Rachaduras, buracos, pequenas ranhuras já bastam para que Zinn perceba as figuras que eles sugerem e que ele completa com seu traço preciso de giz.

Por: Luis Pellegrini

A maioria dos desenhos de David Zinn apareceu inicialmente nas calçadas de Ann Arbor e em outros lugares do Michigan. Mas Zinn e sua maleta repleta de pedaços de giz colorido já deram vida a lugares tão distintos como as plataformas do metrô de Nova York e as pedras do deserto de Sonora, na Baixa Califórnia. “Deram vida” talvez não seja a expressão mais adequada quando falamos do trabalho desse artista. Mais correto seria dizer “extrair vida”, já que David Zinn percorre os lugares e tem a capacidade de descobrir as formas e as cores que tanto o mundo natural quanto aquele feito pela mão do homem, como as paredes e as calçadas oferecem à sensibilidade do seu olhar. Como uma criança que olha as nuvens do céu e vê nelas as figuras mais diversas, animais, árvores, seres fantásticos, esse artista é capaz de fazer o mesmo a partir de um simples buraco ou uma rachadura na parede.

David Zinn desenha com giz em calçada de Nova York

O trabalho de giz de Zinn começou em 2001 como uma desculpa, como ele mesmo diz, “para ficar ao ar livre e perseguir sua criança interior”, mas desde então alcançou notoriedade global.

David Zinn é também figurinista e designer de cenários, com ateliê em Nova York. Ele foi indicado sete vezes ao Tony Award por seus figurinos e desenhos cênicos, ganhando um Melhor Design Cênico pelos cenários da peça The Humans e um Melhor Design Cênico pelo musical Bob Esponja Calça Quadrada.

Galeria: Alguns trabalhos em giz criados por David Zinn

 

Vídeo: A arte do giz nas ruas de David Zinn